sábado, 8 de março de 2008

Massacre em Jerusalém

Noite de Quinta-Feira, 6 de Março, um terrorista árabe israelense afiliado ao Hamas, entra acompanhado de diversas armas de fogo, no colégio Mercaz Harav, no coração de Jerusalém, e num espaço de meia hora, descarrega entre 500 a 600 munições contra 80 alunos, matando 8 e deixando outros 10 feridos. Um oficial do exército que mora perto, ouviu os disparos e correu de imediato ao local do massacre, tendo conseguido abater o terrorista com 16 tiros. Milhares de pessoas acompanharam os funerais das vítimas desta crueldade islâmica, expressando profunda dor, mas também raiva e ódio pela crueldade, tanto mais que na casa do terrorista, em Jerusalém, se trocavam brindes, e por todos os territórios árabes expressavam-se grandes manifestações de regozijo, afirmando-se que "isto era apenas o início".
Mais uma vez as imagens mostram como o islã está a favor da "paz". Massacrando jovens estudantes que tiveram por crime, estudar a Bíblia...
Que o sangue desses inocentes não sejam esuqecidos como sempre acontece, já que se tratam de judeus.



(Fotos tiradas por biblioteca זק''א )

* * * * *

Comemoração dos árabes, depois do massacre...



Desfile de árabes com a bandeira do grupo terrorista Hamas...

3 comentários:

velvitchia disse...

Que Deus toque o coração dos Homens e seja escutado
Com amizade
Júlia(velvitchia)

Gisele Moura disse...

nossa Vivi que horror amiga ,logo que vi esta noticia ,fiquei preocupada com você,por que as pessoas fazem isso,esta terra é uma terra santa onde o Senhor Jesus esteve ,e as pessoas brigam mantam as outras pessoas inocentes.
Vou orar por este país que Deus te abençoe amiga .

Kátia Moreira disse...

Adoro te visitar e ver as novidades, e não se esqueça que:
Na vida, são necessários momentos difíceis
para que possamos superá-los e mostrar
a nós mesmos o que realmente
somos capazes de fazer.
Tenha uma semana cheia de Graça, na paz do Senhor!
Bjs Kátia Moreira